Brasil
Buscar    
Incluir todos os Websites da CSL Behring no Mundo

Doenças Imunológicas

Doenças imunológicas ocorrem quando o sistema imunológico, responsável pela proteção do organismo contra as infecções, não funciona corretamente. Como resultado as pessoas ficam mais suscetíveis a contrair doenças.

Existe uma grande variedade de doenças imunológicas, entre elas a imunodeficiência primária (IDP) e púrpura trombocitopênica imune (PTI).

Imunodeficiência Primária

O sistema imunológico atua para proteger o organismo de infecções. Essas infecções podem ser causadas por vários agentes, incluindo bactérias, vírus, fungos e parasitas. O sistema imune utiliza os linfócitos (ou outro tipo de células brancas do sangue) e as imunoglobulinas (ou anticorpos) para combater esses invasores externos.

Na imunodeficiência, uma ou mais partes do sistema imunológico não funcionam. Se uma pessoa nasce com essa condição ela é chamada de imunodeficiência primária (IDP). Pessoas com imunodeficiência primária têm dificuldade em combater as infecções devido à produção inadequada de anticorpos.

Se o organismo de uma pessoa tem falta de imunoglobulina (anticorpos) e pode ser beneficiada pelo aumento temporário desta, a reposição de imunoglobulina é indicada. Essa imunoglobulina para reposição tem sido extraída de plasma humano (a porção líquida do sangue). Quando a reposição de imunoglobulina é aplicada em uma pessoa, ela é chamada de terapia de reposição de imunoglobulina ou imunoterapia.

Púrpura trombocitopênica imune

Um outro tipo de doença imunológica é a púrpura trombocitopênica imune (PTI), um distúrbio hemorrágico que freqüentemente causa manchas roxas na pele podendo causar risco de vida caso a hemorragia ocorra, por exemplo, no cérebro.

Para entender a PTI, é melhor definir cada termo que constitui o seu nome. Púrpura refere-se às manchas cutâneas roxas (púrpura) devido à hemorragia local. Trombocitopênica indica que a doença está relacionada com o baixo nível de trombócitos, ou plaquetas, células presentes no sangue que ajudam na coagulação. Imune significa que a doença é causada pelo sistema imune, que geralmente defende o organismo contra as infecções, mas que nesse caso causa a destruição das plaquetas.

Existem duas formas de PTI: a aguda e a crônica. A forma aguda ocorre normalmente em crianças e dura por cerca de 6 meses. A forma crônica acomete principalmente adultos na faixa de 20 a 40 anos e permanecem por mais de 6 meses, uma vez que os pacientes sofrem de ataques hemorrágicos freqüentemente.

O tratamento recomendado é a terapia como imunoglobulina com o intuito de elevar o número de plaquetas e ajudar no controle hemorrágico.